Confira o que você precisa saber sobre carro sinistrado

carro sinistrado
6 minutos para ler

Embora muitas pessoas não tenham amplos conhecimentos sobre o tema, existem boas opções para quem deseja comprar um automóvel da marca e modelo de sua preferência, mas que não queira pagar os altos preços cobrados pelas concessionárias. Pensando nisso, preparamos este post com tudo o que você precisa saber sobre carro sinistrado.

Ao contrário do que muita gente pensa, essa pode ser uma excepcional alternativa, pois possibilita uma transação com total segurança e por um valor justo e que cabe no seu bolso, desde que você tenha um pouco de atenção para realizar uma boa aquisição. Continue lendo e descubra como fazer isso na prática!

Afinal, o que é um sinistro?

Para início de conversa, é preciso compreender bem o conceito de sinistro e de que forma isso é interpretado pelas seguradoras. Quando essas empresas elaboram uma apólice para um carro, por exemplo, o documento prevê quais situações o cliente terá direito ao ressarcimento. O sinistro, portanto, é um acidente que causa danos e/ou prejuízos ao bem segurado.

Quando um veículo sofre um sinistro, o que é bastante comum de acontecer em nossas vias, a seguradora paga uma indenização proporcional ao ocorrido, que pode ser uma batida, arranhões na lataria, um vidro quebrado ou até perda total. O mesmo ocorre em caso de roubos ou furtos, mas aí a cobertura é a quantia integral acordada.

O que é um carro sinistrado?

Agora que você já entendeu um pouco melhor o conceito de sinistro, fica mais fácil compreender o que é um carro sinistrado. Trata-se de um veículo que, logicamente, sofreu algum tipo de dano, avaria ou mesmo roubo, fazendo com que o proprietário precisasse acionar a sua seguradora e fizesse uso da cobertura acordada em contrato.

Vale lembrar que o sinistro pode ser parcial, no caso de batidas, arranhões ou vidros quebrados, por exemplo, ou total, quando há grandes avarias, que representem, via de regra, mais de 75% do valor total do automóvel. O mesmo vale para os casos de roubo ou furto, quando o bem não é recuperado a tempo.

O que acontece com um carro sinistrado?

É aqui que entra a grande oportunidade. Quando um carro que sofreu roubou ou furto é recuperado depois que a seguradora pagou a indenização para o segurado, ele pode ir a leilão, muitas vezes com poucas avarias ou mesmo sem nenhum dano. Nesse caso, o comprador inteligente poderá adquiri-lo por um valor muito abaixo do mercado.

O mesmo pode ocorrer quando a empresa prefere arcar com a apólice em vez de fazer o conserto de um veículo após a batida.

Quais são os tipos de carros sinistrados?

O carro sinistrado é classificado de diferentes maneiras, levando em consideração o tipo de sinistro ocorrido. Ele pode ser de pequena monta, que é quando os danos e avarias foram mais discretos, tornando possível o conserto do veículo, que fica em plenas condições de rodar e isso sequer constará na sua documentação.

No caso em que o estrago seja um pouco mais elevado, o carro sinistrado é chamado de média monta, na qual os problemas serão reparados, mas com um nível um pouco maior de complexidade Por fim, os de grande monta ocorrem quando não é interessante fazer a reparação para retornar o bem ao seu antigo proprietário, embora isso possa ser feito para posterior venda.

Como saber se um carro é sinistrado?

A comercialização de veículos sinistrados é bastante comum e tende a crescer nos próximos anos. Trata-se de uma oportunidade de comprar um carro da marca e do modelo que você deseja, por um dinheiro que você pode pagar. No entanto, automóveis que passaram por sinistros de média ou grande monta têm esse fato em sua documentação.

Por isso, se você deseja saber se um veículo é sinistrado, peça seu documento e veja se há a observação com o título “SINISTRO/RECUPERAÇÃO”. Lembre-se que eles passam por uma rigorosa vistoria e processo de certificação, garantindo seus níveis de segurança. Caso ainda tenha dúvidas, peça ajuda de um mecânico de confiança e faça uma boa avaliação.

O carro sinistrado pode fazer seguro?

Um tema que gera muita dúvida em quem está pensando em comprar um carro sinistrado é se ele pode ou não fazer seguro. Essa é uma verdadeira lenda urbana, pois não há nada que impeça a seguradora de fazer uma apólice para esse tipo de veículo. Afinal, ele passou pela vistoria e é perfeitamente legal, de acordo com a nossa lei.

Dependendo da sua escolha, o automóvel poderá nem ter sofrido alguma avaria mais séria ou, mesmo se isso ocorreu, ele estará em em condições de rodar normalmente. Basta encontrar uma empresa de qualidade e fazer uma apólice que cubra as suas principais necessidades, de acordo com suas demandas e expectativas.

Vale a pena comprar um carro sinistrado?

Um carro sinistrado não apenas é uma excelente opção de compra, como também um ótimo investimento. Você pode ter o modelo que precisa para ir ao trabalho, passear com a família, ganhar um pouco mais de conforto ou até para ganhar dinheiro, comprando e revendendo depois. E tudo isso por um preço bem menor do que você pagaria em uma loja convencional.

Além disso, nos dias de hoje, existem formas bem práticas de negociar. Você pode participar de leilões na internet, nos quais encontra grandes oportunidades, basta ter olhos atentos e buscar uma empresa de confiança, que disponibilize um serviço simplificado e tenha boa credibilidade no mercado.

Como você pôde ver, o carro sinistrado é uma ótima alternativa de compra, sobretudo para quem não está disposto a pagar os preços elevados. Afinal, é uma modalidade que oferece uma enorme variedade de veículos, ou seja, é chance que você tem para adquirir aquele modelo dos sonhos, sem que isso significa comprometer a sua renda mensal com parcelas onerosas.

Gostou de aprender tudo o que você precisa saber sobre carro sinistrado? Quer conferir mais artigos desse tipo? Então assine a nossa newsletter agora mesmo e receba conteúdos exclusivos sobre leilão de carros!

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-