Quais são as etapas para financiar uma casa? Entenda todas

financiar casa
6 minutos para ler

Que atire a primeira pedra quem nunca sonhou em sair do aluguel e comprar a casa própria. Por conta disso, chega a hora de cogitar a ideia de financiar uma casa. Mas qual o primeiro passo a ser dado?

Para ajudar você a entender tudo sobre o assunto e a aprender como começar a planejar a contratação de um financiamento, preparamos esse post imprescindível para quem quer adquirir sua propriedade.

Quer conquistar a casa própria e financiar uma casa? Então continue a leitura!

Tipos de financiamento

Antes de tudo, é preciso conhecer quais os tipos de financiamento disponíveis no mercado. Esse entendimento ajudará você a escolher a melhor opção e fazer um negócio mais vantajoso. São duas modalidades: SFH e SFI. Veja mais detalhes.

SFH (Sistema Financeiro de Habitação)

O SFH é o sistema que engloba boa parte dos financiamentos imobiliários vigentes no Brasil. Por meio dele é possível utilizar os recursos da caderneta de poupança e do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço).

Como foi criado para facilitar a aquisição do imóvel próprio residencial, o SFH determina que os financiamentos possam cobrir até 80% do valor do imóvel, que não pode ser acima de R$1,5 milhão.

SFI (Sistema de Financiamento Imobiliário)

Basicamente, o SFI foi criado para contemplar todas as situações que não são atendidas pelo SFH. Podem ser financiados imóveis com valor acima do estabelecido pelo sistema de habitação, por isso, é bastante utilizado por grandes investidores do setor, que usam de fundos de pensão e renda fixa como recurso.

Também pode ser a modalidade escolhida por quem quer adquirir a casa própria, principalmente de valores mais elevados.

Etapas para financiar uma casa

Agora é hora de saber como tudo funciona na prática e tirar a ideia dos sonhos distantes, não é mesmo? Confira, agora, o passo a passo de como financiar sua casa própria!

Etapa 1: organize seu orçamento

O primeiro passo para conseguir financiar uma casa é se planejar e organizar suas finanças. Você precisará contar com um capital para oferecer como entrada ou utilizar o saldo do FGTS para realizar o pagamento.

Se seu desejo é para médio ou longo prazo, convém organizar formas de economizar dinheiro e guardar uma poupança para ser usada no seu investimento.

Você pode se reunir com a família e ver como cada um pode contribuir para isso e ver o sonho ainda mais perto de vocês.

Etapa 2: simule o financiamento

Agora que você está seguro quanto ao pagamento das parcelas da sua casa própria, é hora de simular a contratação de crédito. Isso pode acontecer online mesmo, basta que você acesse os portais dos principais bancos e forneça dados como valor estimado da propriedade, valor que será financiado, prazo para pagamento, entre outras informações.

Instantaneamente, você poderá visualizar o valor das parcelas, os índices de taxas cobradas e o Custo Efetivo Total (CET). É a melhor forma de você comparar os condições de cada banco e decidir aquele que é mais atrativo para o seu bolso.

Etapa 3: entregue a documentação exigida

Depois de escolher o banco e solicitar a concessão de crédito, é hora de separar toda a papelada exigida pelo financiamento. São documentos que podem variar entre as instituições, por isso, peça uma lista do que é necessário para dar andamento aos seus sonhos.

Os documentos servem para atestar a idoneidade do proponente e, também, do vendedor do imóvel. Além disso, eles garantem que você comprará uma propriedade em situação totalmente regular para ser vendido.

Em geral, os checklists são compostos pelos seguintes documentos:

  • proposta do financiamento;
  • cópia de RG e CPF;
  • cópia de RG e CPF do cônjuge, quando houver;
  • declaração de estado civil;
  • comprovante de renda.

É importante você separar tudo isso antes da requisição. Desta forma, você agiliza o processo e pode ter boas notícias antes do que pensava.

Etapa 4: aguarde a análise do perfil bancário

Depois de enviar toda a documentação para o banco escolhido, você precisará aguardar a análise do seu perfil bancário. É nessa etapa em que a instituição verifica se o proponente e demais pessoas que comporão a renda são aptos a arcar com a dívida e financiar uma casa.

Muitas vezes o financiamento é recusado por problemas de documentação que podem ser facilmente resolvidos. Confira o prazo para realizar nova proposta e fique confiante. Se aprovado, a instituição informará a respeito do valor do crédito concedido e como ficarão as parcelas.

Etapa 5: escolha o imóvel que será avaliado

Agora, dependendo do valor concedido, você deverá escolher o imóvel que será sua nova morada. Lembre-se de ficar sempre dentro do valor concedido pelo banco para não ter problemas e procure negociar com o vendedor, se for necessário.

Após a escolha, uma equipe de profissionais do banco fará uma visita ao imóvel para realizar uma vistoria. Ela é feita para avaliar se a propriedade está dentro dos critérios e condições para financiamento. Se precisar, escolha mais de um imóvel e tenha sempre uma segunda ou terceira opções.

Etapa 6: assine o contrato

Depois de o banco preparar a minuta do contrato, é hora de assinar o documento, avisar toda a família e comemorar muito.

Não deixe de sempre tentar negociar com o vendedor um valor atrativo e que contribua para um processo mais rápido de compra e venda. Você poderá, ainda, optar por comprar imóveis por meio de leilão online de imóveis.

Imóveis disponíveis nas plataformas de leilão online têm a vantagem de ser muito mais barato. Além disso, você acompanha os lances em tempo real e fica sabendo de todos os detalhes do edital e da negociação.

Nos leilões online, os interessados devem se cadastrar no portal, preencher o formulário e aguardar aprovação de participação. Depois disso, basta realizar uma pesquisa de imóveis e pedir habilitação para dar lances.

Uma vez feita a oferta, o comprador pode visualizar todos os lances feitos até que o leilão seja finalizado. Se você for o contemplado, vai receber todas as informações necessárias sobre pagamentos e mais detalhes da negociação.

Viu como financiar uma casa pode ser fácil quando você se organiza? Quer saber mais sobre esse e outros assuntos? Assine nossa newsletter e receba nossos conteúdos diretamente em sua caixa de entrada!

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-