Conheça os 3 melhores investimentos e escolha o ideal para você

melhores investimentos
6 minutos para ler

Sempre que o mercado atravessa um período de aquecimento, observamos algumas mudanças na postura dos consumidores. A maior delas está na atitude proativa em torno do dinheiro, com muitas buscas e tendências sendo orientadas no sentido de como gerar patrimônio, caixa e renda. Elaboramos este post com os melhores investimentos da atualidade para tirar suas dúvidas sobre como multiplicar seu dinheiro.

Como perceberá abaixo, não existe fórmula mágica! Todas as alternativas apresentadas exigem um mínimo de dedicação e conhecimento, já que isso é fundamental para ser bem-sucedido ao escolher no que investir. Acompanhe esta leitura!

Quais os melhores investimentos da atualidade?

De tempos em tempos, novos formatos, soluções e ideias ganham popularidade entre os consumidores. Da abertura de franquias aos investimentos em criptomoedas, todos os dias os brasileiros recebem novas sugestões de investimento. Mas em meio a toda essa diversidade, uma dúvida persiste: como identificar as melhores formas de se investir?

Para responder a essa curiosidade, elencamos as três principais categorias do momento. Acomode-se na cadeira e aprenda um pouco mais sobre cada uma delas!

Renda variável

A renda variável é uma divisão de investimentos que reúne todos os ativos financeiros imprevisíveis ao momento da contratação. Isto é, o retorno sobre o investimento não é uma certeza, podendo ser tanto negativo como positivo. Veja quais são os principais produtos dessa categoria!

Ações

Também conhecidas como papeis, as ações são uma pequena fração de uma empresa. Por conta disso, todo investidor em ações é, por consequência, um sócio da empresa em que investiu. O retorno financeiro com esse produto pode ser explosivo, mas essa sugestão de altos ganhos também implica em altos riscos, sobretudo entre aqueles que não sabem no que estão investindo.

Ouro

O minério raro, que é considerado uma commodity, é o tipo de matéria-prima que pode ser armazenado sem perda de qualidade. Além de apresentar uma rentabilidade historicamente estável, o ouro pode ser visto como uma excelente reserva de proteção ao patrimônio, pois não sofre com o desgaste e volatilidade de pressões políticas, econômicas e comerciais, como os investimentos no câmbio de outras moedas, como o Dólar ou o Euro.

Renda fixa

Já aqui, temos o pacote de investimentos que está no oposto da renda variável. Isso acontece porque os produtos da renda fixa sempre preveem rentabilidade garantida ao investidor, mesmo que seja baixa. Inclusive, essa costuma ser uma regra comum ao mercado financeiro, em que os riscos são proporcionais aos ganhos. Por causa disso, as soluções da renda fixa atendem os investidores com perfis mais conservadores. Veja! 

Tesouro Direto

Os certificados do tesouro direto são títulos da dívida pública. Aqui, se empresta dinheiro ao Governo Federal, que retornará esse valor com o acréscimo de juros. Esses títulos são encontrados em dois formatos: pós e prefixado. O prefixado já te aponta qual será a rentabilidade ao momento do resgate, enquanto os pós lastreiam esse retorno a algum indicador econômico. Por exemplo:

  • título prefixado com rendimento de 7,26% por ano;
  • título pós indexado ao IPCA (índice de inflação) + 3,71% por ano;
  • título pós indexado à SELIC (taxa de juros) + 0,02% por ano.

Letras de Crédito

Talvez você já tenha ouvido falar das LCIs e LCAs. Estas siglas significam, respectivamente, Letras de Crédito Imobiliário e do Agronegócio. Esse investimento é semelhante aos títulos, mas nesse caso você estará injetando recursos nesses segmentos da economia. Sendo um produto de renda fixa, os moldes são os mesmos, com valorização estável e, consequentemente, com menor margem de retorno.

Leilões

Com o tempo, o consumidor brasileiro vem se familiarizando com uma nova solução para investir o seu dinheiro — os famosos leilões! Talvez você esteja se questionando se adquirir posses é uma forma de ganhar dinheiro. Bem, tudo está na maneira como se aborda os leilões. Enquanto para uns essa modalidade representa uma chance de adquirir uma casa própria ou o veículo dos sonhos, para outros, esse é um ambiente fértil para oportunidades de negócio.

Isso acontece por meio da prática da compra e revenda de imóveis, veículos, máquinas, eletrônicos e tudo o mais que seja facilmente comercializável. Os entusiastas de leilões se habituam com a modalidade e, com isso, passam a identificar bons negócios entre os lotes anunciados, que serão posteriormente revendidos, trazendo lucro rápido, limpo e transparente.

Inclusive, vale dizer que essa é uma prática tradicionalmente norte-americana, o chamado flipping, em que se adquire um bem, realiza-se as benfeitorias estruturais e documentais para então colocá-lo no mercado convencional. Com isso, carros, casas, terrenos e eletrônicos podem render até 80% de faturamento líquido aos seus investidores.

Quais as vantagens e desvantagens dessas alternativas?

Então chega o momento de separar o joio do trigo e identificar de maneira fria quais são os pontos altos e baixos das soluções apresentadas. Dê uma olhada!

Renda Variável

  • principal destaque: boas oportunidades de ganho no curto e longo prazo;
  • desvantagem: como o nome sugere, a rentabilidade não é previsível e tem muita volatilidade, exigindo “estômago” e expertise dos investidores.

Renda Fixa

  • principal destaque: a rentabilidade é garantida e até certo ponto, previsível;
  • desvantagem: os ganhos são consideravelmente menores.

Leilões

  • principais destaques: a modalidade é acessível, conta com uma imensa variedade de itens com os quais você tem familiaridade e o mercado de revenda para eletrônicos, imóveis e carros tem alta liquidez, o que agiliza seus ganhos.

Como investir por meio do leilão online?

É bem possível que você esteja tentado a conhecer mais sobre os leilões. Felizmente, as vantagens dessa categoria são proporcionais à sua facilidade. Para participar de um, basta que você encontre o portal online de uma boa companhia de leilões, realize o seu cadastro, leia o edital e dê os seus lances.

Por fim, também é importante aprender sobre os diferentes tipos de leilões, saber as vantagens dos leilões judiciais, que têm bens vinculados a uma ação na justiça, e dos extrajudiciais, com lotes não lastreados a nenhuma pendência judicial. Toda a plataforma dessas modalidades é de fácil aprendizado. Você encontra e navega pelas melhores ofertas com pouquíssimo tempo de uso.

Considerando os melhores investimentos, pode ser que esse seja o momento para aprender ainda mais sobres os leilões. Aproveite para se aprofundar no tema lendo o nosso artigo especial sobre o funcionamento da modalidade!

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-