Qual é a melhor marca de moto e qual é a mais barata?

melhor marca de moto
6 minutos para ler

A melhor marca de moto costuma ser uma grande dúvida na hora da compra, principalmente quando procuramos por nosso primeiro veículo. Outra questão é o modelo ideal, uma vez que existem vários no mercado e com preços bem próximos. Será que existe a opção perfeita?

Existe sim! Neste post vamos mostrar o que considerar e como escolher a melhor marca de moto, além de trazer alguns dos modelos mais baratos e vendidos do país!

O que considerar na compra de uma moto?

Na compra de um carro ou moto, é muito importante observar alguns detalhes que podem ser a diferença entre ficar totalmente satisfeito ou se arrepender. É verdade que preço e beleza contam, mas essas não devem ser as suas únicas preocupações. Vamos ver o que considerar?

Razão do uso

O primeiro passo para não se arrepender da compra e escolher a melhor marca de moto é levar em conta como ela vai ser usada. Você está procurando um veículo para ir ao trabalho e não depender de transporte público ou quer algo que possa usar para garantir uma renda extra e se divertir aos finais de semana?

Essas perguntas são importantes porque existe um modelo ideal para cada situação. Algumas motos são mais versáteis, ou seja, encaram qualquer desafio. Outras são mais simples e têm um bom custo-benefício apenas na cidade. Se você gosta de viajar, por exemplo, um modelo mais confortável e potente pode ser a melhor opção, e não o mais barato.

Potência e conforto

Aliás, esses são itens muito importantes na escolha da moto ideal. Modelos mais compactos costumam ser mais baratos e menos potentes, o que ajuda na economia de combustível. Contudo, eles podem ser menos confortáveis, principalmente para percorrer grandes distâncias.

A potência é importante, uma vez que ela está diretamente ligada ao consumo de combustível. O ideal é escolher um modelo que atenda às suas necessidades sem exagerar no tamanho do motor, afinal, o seu bolso pode sentir bastante, principalmente se a moto for usada diariamente.

Se for pegar estrada constantemente, por exemplo, um modelo mais potente tende a atender melhor. Já na cidade, não precisa ser algo extraordinário — uma versão com 100 cc dá conta do recado tranquilamente e não vai te deixar na mão na maioria das situações.

Consumo de combustível

Ainda seguindo a linha do consumo de combustível, pode ser importante comprar uma moto que venha com a tecnologia Flex, permitindo andar com gasolina ou etanol. É verdade que esses modelos podem ser um pouco mais caros, mas já existem versões mais em conta.

Ter uma moto econômica e que traga a possibilidade da escolha de combustível é muito importante para quem quer trabalhar com o veículo e fazer uma renda extra, afinal, tudo o que for economizado é um dinheiro a mais no final do mês. Se você quer apenas se livrar do transporte público, um modelo à gasolina, mas econômico, já é suficiente.

Praticidade

Por fim, outra questão muito importante é a praticidade. Mas afinal, o que isso quer dizer? Imagine a seguinte situação: você comprou a moto e quer fazer uma renda extra com ela para ajudar nas despesas. Normalmente, seria necessário um baú para transportes.

Nem todas as motos são perfeitamente adaptadas para esse tipo de equipamento. Por outro lado, algumas versões já saem de fábrica com ele e até mesmo trazem configurações diferentes da suspensão para transporte de materiais. Antes da compra, veja tudo o que pode ser necessário e pesquise se o modelo escolhido está pronto para isso.

Qual é a melhor marca de moto?

Agora a grande pergunta: qual é a melhor marca de moto? Como você viu, isso depende bastante do tipo de uso. Contudo, algumas montadoras se destacam no mercado por trazerem diversos modelos e, principalmente, por terem um excelente custo-benefício.

Não é segredo que a Honda é uma das maiores montadoras do país, trazendo modelos para todos os tipos de uso. Em 2018, a marca vendeu mais de 560 mil unidades, cerca de 80% de todo o mercado. Mas outras também se destacaram. É o caso da Yamaha, conhecida por trazer equipamentos confiáveis e robustos.

Porém, o destaque vai para a montadora chinesa HaoJue, que traz modelos com menos potência, mas a preços bem tentadores. No entanto, é importante lembrar que a Honda é reconhecida pela enorme facilidade na compra de peças e manutenção. Esses itens devem ser considerados na hora da escolha.

Que modelos se destacam?

Finalmente, chegamos aos modelos que mais se destacaram em 2019. Alguns já são bem conhecidos e melhoram a cada dia, porém há surpresas. Vamos conhecer alguns dos melhores?

HaoJue Nex

A primeira de nossa lista é uma moto mais compacta e com pouca potência, ideal para as grandes cidades e para quem precisa de agilidade. O modelo HaoJue Nex é a segunda moto mais barata do Brasil, ficando atrás da Honda iPop. Ela pode ser comprada por pouco mais de R$ 6 mil.

O modelo conta com dupla embreagem automatizada e um painel de instrumentos bem semelhante às versões automotivas. Além disso, ela é bem leve e tem um consumo médio de 59 Km/l, o que aumenta consideravelmente o seu já excelente custo-benefício.

Honda CG 160 Start

Porém, se você precisa de uma versão mais potente e pronta para qualquer desafio, a Honda CG 160 Start é uma ótima opção. Com um custo de R$ 8.9 mil, ela traz tudo o que uma boa moto precisa. Um dos destaques para esse modelo é o baixo custo de manutenção.

Não é por acaso que em 2018 ela foi a mais vendida do país. O modelo conta com painel digital, freios CBS — que distribuem melhor a frenagem entre as rodas —, partida elétrica e injeção eletrônica. Com um motor de 162,7 cc, ela aguenta até mesmo os desafios mais complicados.

Yamaha Factor i 125

Por fim, temos a belíssima Yamaha Factor i 125, uma das motos mais baratas do país. Por R$ 9 mil é possível comprar esse modelo que, embora não traga um motor tão potente como o da Honda CG 160 — 125,3 cc —, compensa em conforto e design. Além disso, ela é suave, perfeita para os passeios de fim de semana e roda com etanol ou gasolina.

Como você viu, a melhor marca de moto depende bastante de como o modelo será usado, mas algumas versões se destacam pelo ótimo custo-benefício e pela praticidade. Pesquise bem, veja quais são as suas reais necessidades e acerte na escolha.

Viu como escolher a melhor marca de moto não é tão difícil? Assine nossa newsletter e receba em seu e-mail outros posts interessantes como este!

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-