Como participar de leilões online? Tudo que você precisa saber

como participar de leilões online
6 minutos para ler

Com o mercado consumidor se aquecendo, os brasileiros passam a pesquisar novas alternativas antes de investir recursos na compra de algum bem. Durante essas empreitadas, muitos descobrem as vantagens de um leilão, mesmo sem ainda conhecer suas diferentes categorias. Com isso em mente, elaboramos este conteúdo em que explicamos a como participar de leilões online!

Reunimos neste artigo as principais curiosidades sobre o tema e falamos de funcionamento, vantagens e pontos de atenção, preparando você, consumidor, para se aproximar da sua próxima conquista. Acompanhe!

Como funciona um leilão online?

Também conhecido como leilão eletrônico, esse tipo de evento leva a experiência tradicional dos leilões ao universo digital e permite que o comprador participe por meio de um dispositivo conectado à internet. Nessa modalidade, é fundamental que o leiloeiro responsável conte com uma boa plataforma virtual para passar confiabilidade e segurança aos participantes.

Essa categoria surgiu em decorrência da revolução digital, encabeçada pela internet. O funcionamento base de um leilão convencional é bastante simples, exigindo apenas os seguintes fatores:

  • intermediação de um leiloeiro;
  • descrição visual e textual das mercadorias;
  • acessibilidade para o lance das ofertas;
  • parâmetros mínimos para incrementos às ofertas e lances.

Tudo isso foi transferido com sucesso para o ambiente online, junto com novas funcionalidades como o lance automático, que permite ao comprador definir um valor teto para cobrir ofertas que tenham superado seu último lance — tudo realizado automaticamente com o objetivo de aumentar a competitividade de um comprador realmente interessado.

Quais as vantagens desse tipo de leilão?

Comodidade e estratégia, definitivamente, são as duas maiores virtudes desse ambiente, uma vez que os consumidores podem, da conveniência de suas casas, participar de grandes eventos de aquisição. Tradicionalmente, esses compradores precisariam se deslocar até um local previamente definido para a realização do evento.

Já hoje em dia, grandes casas de leilão incorporam os ambientes digital e físico em leilões simultâneos, promovendo a integração das ofertas, além da competição entre compradores remotos e presenciais. Por fim, também há a vantagem estratégica no evento online, que deixa os consumidores mais confortáveis ao participar de onde quiserem.

Como participar de leilões online?

Então, chega o momento para aprender a como acessar esse tipo de evento e garantir sua participação o quanto antes. Explicamos esse procedimento em cinco passos rápidos. Dê uma olhada!

1. Cadastro

Apesar da acessibilidade proposta pelos leilões, vale lembrar da seriedade dessa modalidade, reforçada pelo caráter jurídico e competente dos leiloeiros. Por causa disso, é fundamental entender os impactos das suas ações nesse ambiente. Ao desonrar o lance vencedor . por exemplo, é praticamente garantido que você será listado e perderá o direito de participar de leilões por prazo indeterminado.

Sendo assim, para assegurar essa transparência, harmonia e confiabilidade entre os compradores, os leiloeiros exigem um cadastro prévio, que deverá informar dados de identificação, como CPF e RG e, em alguns casos, a apresentação do comprovante de residência. Mas fique tranquilo, porque esse processo é rápido.

2. Leitura do Edital

Em um segundo momento, há a necessidade básica de ler as regras do jogo. Afinal de contas, você deve aproveitar a transparência dessa modalidade e conferir nos editais tudo o que define o funcionamento do leilão, como os regramentos para lances, pagamentos, descrição dos lotes, horários e afins.

3. Habilitação ao evento

Após a leitura do documento acima, você poderá habilitar-se a participação no evento. É muito importante perceber que esse processo de habilitação (um simples clique) será necessário em todos os futuros leilões que você tiver a intenção de participar. Isso é necessário pois entende-se que essa prática atesta a responsabilidade e ciência do consumidor, que precisará ler o edital antes dessa confirmação.

4. Participação no leilão

Pronto! Cadastrado, consciente e habilitado, chega o momento de participar do evento. Se já participou de um presencial, perceberá que a experiência é idêntica na versão digital, com exceções óbvias por causa do formato, trocando a assembleia física por equivalentes digitais.

Você entenderá que o leilão online funciona como um auditório virtual, com algumas soluções gráficas para te orientar ao longo do evento, como um relógio regressivo que indica o fim da negociação e o tempo adequado para o lance de novas ofertas.

Em um bom leiloeiro, você contará com uma plataforma bastante intuitiva, com campos definidos para o preenchimento das suas ofertas e um histórico de negociação que seja de fácil leitura. Entendendo isso, você saberá o suficiente para progredir, posicionar suas ofertas e, finalmente, conquistar o bem desejado.

5. Pós-venda

Agora vamos falar sobre a etapa que finaliza a comercialização de um item. Geralmente, as plataformas não retiram o anúncio do lote imediatamente ao final do leilão. Na realidade, existe a prática de apenas suspender as ofertas durante o período de acerto do pagamento e envio das documentações necessárias.

Na grande maioria dos casos, será o leiloeiro ou a casa de leilões que ficará responsável por mediar a troca de documentações e recebimento do pagamento do bem e da comissão, agilizando a negociação sem que vendedor e comprador entrem em contato direto.

Mas existem exceções, pois algumas plataformas de leilões entre pessoas físicas possibilitam o contato do comprador direto com o vendedor. Nesse formato, o arrematante tem acesso a todas as informações de contato do vendedor, permitindo que a troca de informações e pagamento ocorra diretamente entre eles. A única coisa que continua igual é o pagamento da comissão, que sempre deverá ser paga integralmente ao leiloeiro ou empresa de leilões.

Caso algo aconteça, impossibilitando o fechamento do negócio, o bem retornará a ser comercializado em uma segunda tentativa, dando oportunidade a novos interessados em comprar a mercadoria. Caso tudo corra bem na negociação, o lote se tornará indisponível na plataforma, recebendo a etiqueta VENDIDO, indicando que o bem não pode receber novos lances.

Por último, é fundamental lembrar os pontos de atenção durante a compra de um veículo. Na ausência da inspeção presencial, acompanhada por um mecânico, cabe ao interessado realizar uma leitura com atenção do edital.

Gostou deste post ensinando a como participar de leilões online? Então não perca a oportunidade de sanar outras dúvidas com o nosso time. É só Falar Conosco!

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-