Seguro de veículos: tudo que você precisa saber!

seguro de veículos
6 minutos para ler

Mesmo nos dias de hoje, boa parte dos grandes centros urbanos brasileiros ainda enfrenta sérios problemas de segurança, com índices elevados de criminalidade, roubos e acidentes envolvendo carros e motos. Por isso, aprender um pouco mais sobre o seguro de veículos pode ser muito interessante.

Muitas pessoas ainda têm dúvidas sobre o tema, mas o fato é que esse é um investimento que costuma ter um excepcional custo-benefício, tendo em vista que traz mais tranquilidade para o segurado e pode evitar um tremendo prejuízo em caso de alguma eventualidade. Continue lendo o post e aprenda mais sobre o assunto!

Afinal, o que é o seguro de veículos?

Não é novidade para ninguém que os carros e motos estão entre os itens mais visados por meliantes nos dias de hoje, sobretudo pelo alto valor de revenda que as peças podem atingir no mercado ilegal. Com isso, a opção de fazer um seguro foi se tornando cada vez mais popular e, dependendo do local e do modelo, quase imperativa.  

Também conhecido como seguro alternativo, isso nada mais é do que um contrato firmado com uma seguradora, na qual é firmada uma obrigação de cobrir com os custos e necessidades, de acordo com o que for estipulado na apólice, diante de eventuais prejuízos que possam vir a ocorrer no uso do dia a dia.

O que será ou não coberto virá especificado nas cláusulas e influencia, de maneira direta, no montante a ser pago pelo segurado. É possível optar pelas mais variadas modalidades, desde aquelas que cobrem apenas roubos e furtos, passando pelos acidentes e avarias e chegando até as que arcam com danos e lesões corporais para terceiros.

Como funciona a franquia do seguro?

O mercado de seguros automotivos é bastante abrangente no Brasil e, com isso, somos constantemente expostos aos jargões e expressões usados no segmento. Uma das mais populares é a famosa franquia, que ainda gera dúvidas e pode dar um susto em quem não leu a apólice com atenção antes de assinar.

O termo se refere ao valor ou percentual que o segurado deve arcar em casos de sinistros que não previam a indenização integral. O montante é definido previamente e leva em conta os tipos de cobertura, o histórico do cliente e as preferências de pagamento. Quem opta por uma franquia maior, por exemplo, pode pagar menos nas parcelas.

Quais as principais dicas para fazer um seguro?

Agora que você já sabe bem o que é o seguro de veículos e está mais familiarizado com o termo de franquia, vamos dar algumas dicas práticas para que você deixe o seu veículo segurado e possa rodar por aí sem medo de que as eventualidades da vida tragam um tremendo prejuízo. Confira. 

Faça cotações em diversas seguradoras

O primeiro passo para fazer o seguro do seu automóvel é pesquisar bastante, fazendo cotações em diversas seguradoras. Também é interessante buscar informações sobre a empresa, verificar se existem reclamações ou queixas quanto ao cumprimento das apólices. Você nem precisa sair de casa, pois a internet é o local perfeito para isso. 

Uma vez que você definiu as melhores instituições do ramo, é hora de partir para a comparação de preços. Algumas corretoras oferecem uma simulação online, que não levam mais do que alguns segundos e são feitas de graça. No entanto, um encontro presencial com o corretor pode facilitar eventuais negociações e descontos.

Fuja da tentação de economias bobas

Um erro muito comum que é cometido por algumas pessoas na hora de fazer um seguro de veículos é acabar economizando dinheiro em coisas bobas. Todavia, é preciso ter em mente que, eventualmente, aqueles cinquenta ou cem reais a menos na sua apólice pode acabar gerando um prejuízo de centenas ou mesmo milhares de reais depois!

Isso acontece, por exemplo, quando você faz uma cobertura contra roubos e furtos, mas acaba abrindo mão da que é relativa a danos a terceiros. Vale prestar atenção também quanto a alguns pontos específicos, como a questão dos dias de uso de carro reserva, quilometragem do guincho e assim por diante.

Preencha o formulário com total atenção

A definição do valor a ser cobrado pela apólice de seguro leva em conta as informações que são prestadas pelo contratante e, por isso mesmo, algumas pessoas acabam omitindo alguns dados ou preenchendo os campos sem a devida atenção. Mais uma vez, essa é uma atitude que pode causar tremendos prejuízos no futuro.

Fazer essa etapa com cuidado pode, até mesmo, render bons descontos, uma vez que o perfil de risco do segurado é que forma o preço do seguro. Pense bem na quilometragem média de rodagem por semana, nas pessoas que farão uso como condutores do veículo, na presença ou não de vaga de garagem, entre outras coisas.

É possível fazer seguro de carros leiloados?

A possibilidade de adquirir um carro em leilão é uma opção que vem ganhando bastante espaço no mercado atual, tendo em vista que é uma modalidade que pode oferecer excelentes descontos por marcas e modelos em ótimo estado de conservação. No entanto, muita gente tem dúvidas sobre a possibilidade de segurar esses veículos.

É preciso ter em mente que, à exceção de sucatas ou automóveis com alguma restrição específica, você pode conseguir uma apólice e andar sem problemas por aí. O processo é o mesmo e você precisará passar pela vistoria normal. Após a aprovação e com a documentação em dia, você estará segurado da mesma forma!

Ficou evidente que um seguro de veículos é um ótimo investimento, que permite que você ande por aí com mais segurança e sem medo de ter que arcar com um grande prejuízo no caso de sofrer algum sinistro ou eventualidade.

Gostou de aprender mais sobre o universo do seguro de veículos? Quer comprar um carro ou uma moto da marca que você sempre desejou, mas pagando um preço muito menor do que o de mercado? Então não perca mais tempo, entre em contato conosco e veja as nossas incríveis opções em leilão!

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-