Valorização de imóvel: o que tem impacto no momento da venda?

valorização de imóvel
7 minutos para ler

O que você acha que conta para a valorização de um imóvel? Localização? Estrutura? Tempo de uso? Na verdade, é tudo isso e mais alguns fatores. Você pode até não se preocupar tanto com isso, mas saiba que, na hora de vender o seu bem, há questões que podem fazer com que o preço seja mais alto e o tempo de venda, menor.

Por isso, antes de colocar o apartamento ou a casa no mercado, é importante fazer uma boa vistoria nele e, se preciso, programar algumas reformas. Não pense que isso será um gasto a mais, mas sim um investimento. Dependendo das melhorias feitas, seu retorno financeiro poderá ser maior do que imaginava.

Neste post, vamos mostrar quais são as questões que têm impacto na percepção de valor que as pessoas têm de um imóvel. Veja o que é necessário e possível fazer no seu antes de disponibilizá-lo para venda!

Usar acabamentos de boa qualidade

A qualidade construtiva, assim como a localização, é um dos principais pontos que interferem na valorização de imóvel. O investimento em melhorias nesse quesito pode fazer com que o valor do seu apartamento seja de 15% a 20% maior, em especial se houver uma modernização no projeto de decoração.

Tanto é assim que muitos investidores aumentam seus lucros comprando imóveis em mau estado de conservação e reformando, para depois revender por preços melhores. É o que ocorre, em alguns casos, nos leilões de imóveis. Pode valer a pena, então, trocar materiais de menor qualidade nos pisos e revestimentos por outros mais duráveis e modernos.

Não se esqueça, claro, de consertar possíveis problemas no sistema elétrico ou hidráulico, além de solucionar vazamentos, infiltrações, rachaduras e pintura antiga. Assim, o potencial comprador poderá enxergar que não terá de gastar com reformas, aumentando as chances de optar pela compra do seu bem.

Pintar as paredes com as cores neutras

Quando você planejou a decoração do seu apartamento, certamente fez isso seguindo seus gostos pessoais. Mas é muito mais fácil vender um imóvel com aspecto mais neutro. Assim, você evita que o comprador se depare, por exemplo, com uma cor que não gosta em uma das paredes e acabe desistindo da negociação antes mesmo de ela começar.

Não significa que todas as paredes precisam ser brancas. Mas o mais recomendável é que você use tons como areia, cinza claro, tons pastel, entre outros. Suas chances de agradar mais pessoas aumentam consideravelmente dessa forma.

Manter o imóvel limpo e organizado

Na hora de mostrar o imóvel para os potenciais clientes, é preciso que ele esteja organizado e que não ofereça uma sensação de sujeira. Se você tem animais de estimação, por exemplo, deve ter um cuidado especial com os odores, pois isso pode afastar algumas pessoas da negociação.

Além disso, as paredes, o piso e os móveis não podem estar cobertos de poeira, pois a sensação de falta de higiene vai desagradar o comprador.

Incluir armários e móveis planejados

Uma decoração bem estruturada sempre ajudará o possível comprador a imaginar a própria vida naquele imóvel no futuro. Assim, um grande fator de valorização do bem é a presença de armários embutidos e de móveis planejados, desde que estejam em bom estado de conservação.

Aqui, também vale uma dica: projetos muito personalizados, com cores fortes, por exemplo, podem afastar o comprador. Portanto, é melhor não assumir esse tipo de risco.

Manter o pagamento das contas do imóvel em dia

Também faz parte da valorização de imóvel a quitação de todos os seus débitos, ou seja, quanto menos dificuldades o vendedor impuser, mais rápida poderá ser a transação. Portanto, não deixe de acertar as contas com o Imposto Territorial e Predial Urbano (IPTU), taxas de condomínio, energia elétrica, água e gás, se for o caso, entre outras. Para garantir que está tudo pago, você pode fazer uma consulta na prefeitura da sua cidade.

Ter boa iluminação e ventilação

Muitas gente se esquece desses detalhes no momento de receber pessoas interessadas na compra do seu imóvel, mas eles podem fazer toda a diferença no impacto que elas terão ao conhecer os cômodos. Procure ter luminárias e lustres em todos os ambientes, pois a falta deles pode causar má impressão.

Além disso, uma boa iluminação, bem planejada, pode ajudar a proporcionar a sensação de aconchego que muitas pessoas buscam ao procurar um imóvel para comprar. Nas visitas durante o dia, procure manter janelas e cortinas abertas, valorizando a luz natural e a ventilação do ambiente.

Cuidar de detalhes

Por falar em detalhes, alguns deles podem ser determinantes na valorização de imóvel. Box de vidro temperado nos banheiros é um bom exemplo disso, pois oferecem mais resistência. Outro ponto que nem sempre é considerado, mas pode fazer diferença, são os puxadores dos armários, que devem estar em bom estado e, de preferência, ser mais neutros, como os brancos ou cromados.

Por fim, você pode apostar no uso de espelhos para dar maior sensação de amplitude aos cômodos. Vale usá-los tanto na sala de estar ou de jantar quanto nos quartos e nos banheiros.

Listar os principais comércios próximos ao apartamento

Na hora de mostrar ao comprador quais são as vantagens oferecidas pelo seu imóvel, não deixe de fazer uma boa lista da infraestrutura de comércio e serviços nas ruas do entorno. A localização é um dos fatores mais importantes para a valorização de imóvel.

É crucial, portanto, saber quais são os mercados, farmácias, escolas, padarias e outros, que ficam próximos ao apartamento. Vale, ainda, abordar a questão da segurança no bairro e as facilidades de locomoção, como transporte público, condições de trânsito etc.

Ter toda a documentação regularizada

Para terminar nossa lista, é fundamental que você tenha em mãos todos os documentos necessários para a venda do imóvel. Eles devem estar regularizados e atualizados para que não haja nenhum entrave na negociação, em especial nos casos em que haverá financiamento imobiliário. Verifique se estão em dia:

  • certidões de que não há impedimento para venda;
  • certidões de quitação de débitos;
  • carta de Habite-se;
  • escritura, título de propriedade e registro no cartório, entre outros.

Saber quais são os pontos que ajudarão na valorização de imóvel é fundamental para que você consiga preços melhores na negociação, além da possibilidade de vender o bem mais rapidamente. Não deixe de seguir as recomendações que viu neste artigo para ter sucesso na sua venda.

Este artigo foi útil? Quer ter acesso a mais conteúdos sobre negociações imobiliárias? Siga nossas páginas no Facebook e no Instagram.

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-