Categorias de motos: entenda de uma vez e saiba escolher a sua

categorias de motos
6 minutos para ler

Pilotar uma moto é uma das melhores sensações que existem. A liberdade que o vento e as curvas proporcionam faz com que, todos os anos, o mercado lance novos modelos. São diversas categorias de motos que atendem às mais diferentes necessidades e perfis de compradores.

Isso porque alguns modelos podem ser mais indicados para passeios, outros para viagem e alguns podem ter a potência que uma trilha exige, por exemplo. Entender os tipos de motos disponíveis, suas categorias e o que as diferem é essencial para fazer uma boa escolha e fazer uma compra sem arrependimentos.

Você sonha em comprar uma moto ou quer trocar a sua, mas não sabe qual o melhor tipo e para o que pretende? Então esse post é para você! Mostraremos as principais categorias de motos e quais suas características. Confira!

Street: opção para cidades

Motos Street, também chamadas de City, são aquelas pensadas para passeios e trajetos na cidade. São confortáveis, leves e de fácil mobilidade para ajudar com o trânsito. Seu desenho é simples e apresenta baco para a garupa.

Quem quer usar a moto para trabalhar ou se locomover na cidade, a Moto Street é uma excelente opção. Seus motores costumam ter entre 100 e 250 cilindradas, o que proporciona boa potência e velocidades que podem chegar a 160 quilômetros por hora.

Scooter: opção simples para passeios

As Motos Scooter são umas das mais procuradas e compradas pelo Brasil. Por terem preços acessíveis e apresentarem modelos básicos, são ideais para quem está começando a pilotar ou pretende fazer passeios pelas cidades.

Com relação a conforto, a Scooter não deixa a desejar: oferece apoio para os pés e permite que o piloto fique totalmente sentado. Embaixo do assento é possível guardar o capacete. Outro detalhe é que as Scooter são mais simples de pilotar: não apresentam embreagem e nem pedal de câmbio, ou seja, você altera as marchas com a mão.

Custom: opção para quem quer conforto

As Motos Custom também são muito procuradas por amantes de motocicletas. Confortáveis, os modelos dessa categoria são ideais para quem deseja viajar sobre duas rodas: oferece posição confortável para pilotagem e banco com apoio na garupa. Outro detalhe que proporciona pilotagem agradável é que o tanque é paralelo ao chão, fazendo com que o piloto possa ficar com os pés para a frente.

Nessa categoria, as motocicletas têm cilindradas maiores: de 500 a 1200. São opções mais sofisticadas e que exigem um pouco mais de dinheiro, já que suas peças são cromadas e lembram as antigas motos dos anos 50. A marca Harley-Davidson, por exemplo, é conhecida mundialmente por suas motocicletas Custom.

Chopper: opção para quem gosta de peças únicas

Você já deve ter assistido a algum programa na TV que trata de motocicletas Chopper, não é mesmo? Sucesso no mundo todo, as atrações falam dessa categoria de motos, que são despojadas e bastante robustas. O visual exagerado apresenta garfo dianteiro grande, fazendo com que esses modelos sejam diferentes das motocicletas Custom já citadas.

Além disso, as motocicletas Chopper têm o tanque alto na parte da frente, que normalmente foi alterado pelo proprietário. As customizações podem ser diversas e são ideais para quem gosta de viajar e passear pela cidade com um modelo exclusivo.

Naked: opção para uso diário

Naked vem do inglês nu e traduz bem o que é essa categoria de motos. Elas não apresentam carenagens e, portanto, são muito mais leves para o dia a dia. É o modelo ideal para quem trabalha com transporte e precisa se deslocar durante muitas horas do dia com uma moto.

Seu uso diário urbano também é indicado porque ela proporciona uma pilotagem com a coluna reta e com o guidão alto, evitando lesões e fadiga extrema ao final de um dia todo pilotando. As Motos Naked costumam ser de médias cilindradas.

 Off-road: opção quem gosta de esporte radical

Motocicletas Off-road, também chamadas de Trail, são aquelas pensadas para trilhas, obstáculos, saltos e circuitos radicais de corrida. Com pneus especiais para terra e mais resistentes ao atrito, essas motocicletas são ideais para trilhas nas florestas. Alguns modelos podem ter rodas mais largas, o que ajuda na hora de passar por obstáculos.

Os quadros, por sua vez, são estreitos e leves, ajudando a suspensão a absorver impactos sem que o piloto se machuque ou sinta os movimentos. As Motos Off-road ainda têm partida a pedal e costumam ser proibidas nas ruas, já que vêm das fábricas sem farol e espelhos.

Big Trail: opção para quem é versátil

As motocicletas Big Trail foram pensadas para pilotos que fazem de tudo um pouco. Sua estrutura é ideal para viagens, trajetos na cidade, passeios em estradas de terra e até terrenos desnivelados e acidentados. Por terem alto custo, são indicadas para quem vai aproveitar a motocicleta ao máximo.

Motos Big Trail também oferecem total conforto aos pilotos, além de serem seguras mesmo em velocidades mais altas. Sua suspensão é mais robusta e absorve bem os impactos, além de proporcionarem posição confortável de pilotagem e motores bastante potentes.

Esportivas: opção quem gosta de alto desempenho

As motocicletas Esportivas são uma paixão nacional. Sonho de muitos pilotos, elas têm alto desempenho, design arrojado e velocidades que podem ultrapassar os 150 quilômetros por hora. Esses modelos têm carenagem por toda a moto, contribuindo com a aparência e também com a aerodinâmica durante os trajetos.

A pilotagem das motos Esportivas é mais agressiva, exigindo que os pilotos projetem seu corpo para frente, sobre o tanque, para que a resistência ao vento diminua. Seus motores podem ter mais de 600 cilindradas e os freios são potentes, contribuindo para pilotagens mais seguras.

Se ter uma moto é seu desejo, uma dica é fazer um planejamento financeiro e realizar seu sonho. Uma das formas de atingir sua conquista é por meio de leilão, que oferece preços mais baixos e condições facilitadas de pagamento.

Agora que você conheceu as categorias de motos, aproveite e leia nosso post com tudo o que precisa saber para comprar sua motocicleta em um leilão e garantir um negócio sem arrependimentos!

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-