Como calcular o custo de reforma por m² para incluir na venda?

custo de reforma por m2
6 minutos para ler

Muitas pessoas sempre planejam começar uma reforma em sua casa ou apartamento, mas não têm ideia de quanto isso custaria. Esse tipo de serviço, como qualquer outro, traz diversos fatores que devem ser levados em consideração e que têm grande impacto nos gastos. Para se ter uma ideia inicial, você pode calcular o custo de reforma por m².

A construção ou reforma de uma casa aqui no Brasil traz orçamentos bem diferentes, pois há uma variação do preço conforme a região do país. Isso se dá por conta dos aspectos envolvidos em uma obra, como materiais de construção, mão de obra, tempo de duração do serviço, dentre outros.

Caso você não saiba como calcular os custos de uma reforma, continue por aqui e veja um pouco mais sobre esse valor por metro quadrado nas principais cidades brasileiras, bem como a maneira correta de fazer esse cálculo. Além disso, conheça também alguns aplicativos e sites que podem ajudar bastante na hora de fazer um cálculo prévio da reforma. Vamos lá?

Custo de reforma por m²: um panorama das cidades brasileiras

Para se ter uma ideia de quanto custa uma reforma em diversas cidades brasileiras, é necessário fazer uma análise sobre os valores que englobam esse custo. A mão de obra de profissionais varia muito de um lugar para o outro — por exemplo, em São Paulo, o preço cobrado por construtores é quase 40% mais caro do que o cobrado no Nordeste.

Esses fatores acabam impactando no parâmetro de cálculo que é feito por metro quadrado da área de uma casa. Por isso, alguns órgãos brasileiros trabalham para montar um panorama em que é possível identificar os aspectos que influenciam em uma reforma em cada lugar do Brasil e, dessa forma, ter uma noção de como calcular um custo por metro quadrado. Essa medida é feita pelo SINAPI e pelo CUB.

Dados do SINAPI

O SINAPI é o Sistema Nacional de Pesquisa de Custos e Índices da Construção Civil, feito em uma produção conjunta da CAIXA com o IBGE. Os órgãos trabalham com o objetivo de trazer custos e índices para o setor habitacional, bem como salários medianos para mão de obra e também uma média do valor os materiais, máquinas e equipamentos que são utilizados em serviços da construção civil e setores de saneamento básico, infraestrutura e habitação.

Os valores são disponibilizados mensalmente e, de acordo com o SINAPI, o custo médio por m² das regiões brasileiras e os seus principais estados são:

  • Região Norte: R$ 1.195,88/m²
  • Amazonas: R$ 1.159,52/m²
  • Pará: R$ 1.187,95/m²
  • Região Nordeste: R$ 1.108,42/m²
  • Bahia: R$ 1.109,88/m²
  • Pernambuco: R$ 1.081,62/m²
  • Região Sudeste: R$ 1.249,19/m²
  • Minas Gerais: R$ 1.117,62/m²
  • São Paulo: R$ 1.311,07/m²
  • Rio de Janeiro: R$ 1.324,45/m²
  • Região Centro Oeste: R$ 1.154,06/m²
  • Distrito Federal: R$ 1.225,46/m²
  • Região Sul: R$ 1.247,48/m²
  • Paraná: R$ 1.223,66/m²

Dados do CUB

O CUB (Custo Unitário Básico da Construção Civil) é outro indicador voltado para o cálculos com gastos em construção. Ele é atualizado mensalmente pelo Sinduscon (Sindicato da Indústria da Construção Civil), englobando o Brasil inteiro. O parâmetro é feito por meio de um conjunto de projetos-padrão e os insumos básicos de uma obra.

O CUB usa uma base de cálculos feita em projetos padronizados, dos quais utiliza detalhes sobre todos os materiais e serviços que são necessários para execução de uma obra, seja a construção ou uma reforma. As referências refletem o máximo possível sobre como é a realidade de uma obra e do que se constrói atualmente.

Os projetos-padrão definidos pelo CUB são:

  • Padrão Baixo, Normal e Alto – Residência Unifamiliar (R1), Prédio Popular (PP-4), Residência Multifamiliar (R8) e Projeto de Interesse Social (PIS);
  • Comercial Normal e Alto – Comercial Andar Livre (CAL-8), Comercial Salas e Lojas (CSL-8) e Comercial Salas e Lojas (CSL-16);
  • Residência Popular (RP1Q);
  • Galpão Industrial (GI).

O valor do CUB/m², nos principais estados brasileiros, levando em conta uma residência unifamiliar de padrão normal, nos dias de hoje está:

  • Minas Gerais: R$ 1.769,76;
  • São Paulo: R$ 1.743,67;
  • Rio de Janeiro: R$ 1.818,51;
  • Distrito Federal: R$ 1.680,21;
  • Paraná: R$ 1.957,78;
  • Bahia: R$ 1.816,18.

Aplicativos e sites que te ajudam a calcular o custo de reforma

Click Reforma

O site Click Reforma é uma ferramenta muito fácil e simples de ser utilizada. Ele consegue fazer um cálculo de cada etapa da obra, desde a preparação do terreno até os serviços complementares — basta você informar três dados: padrão construtivo da obra (baixo, normal ou alto), custo médio da obra/m² (o próprio site informa esse valor por meio do padrão escolhido) e o total da área a ser construída.

É uma plataforma muito útil para quem pretende construir ou reformar.

Custo de Obra

Já o site Custo da Obra contém uma calculadora muito semelhante ao Click Reforma, por pegar os mesmos parâmetros para o cálculo. Porém, ele traz um diferencial na realização de estimativas, levando em conta o estado em que o usuário mora.

O simulador também coleta informações sobre o padrão de acabamento e nível de mão de obra exigida, bem como o mobiliário. O resultado traz o custo total de uma obra.

Casa Viva

Existe também o simulador Casa Viva, que necessita de informações mais específicas do dono do imóvel, como a área de cada cômodo, ao invés da área completa da casa. É preciso que sejam informados os valores de comprimento, largura e altura de cada ambiente.

Para ter uma visão mais completa de como pode ser o custo, o cliente ainda consegue inserir o acabamento desejado. Depois disso, o próprio site faz uma lista completa dos materiais necessários para toda a reforma e os gastos totais.

Por fim, vale ressaltar que durante todo o processo de reforma é importante que você anote todos os gastos de cada etapa construtiva. Isso porque esses cálculos são apenas uma previsão, e muitas vezes ela pode variar para menos ou para mais. Com isso, você poderá saber o valor real da reforma por m² e poderá incluí-lo na venda final do imóvel que será feita no leilão.

E aí? Gostou do nosso conteúdo? Conseguiu aprender a como calcular o custo de reforma por m²? Então compartilhe em suas redes sociais para que mais pessoas conheçam sobre o assunto!

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-