Casa ou apartamento: qual deles combina mais com você?

casa ou apartamento
7 minutos para ler

A compra de um imóvel é um momento bem importante na vida das pessoas. Além de incrementar o patrimônio do consumidor, a propriedade pode servir como uma fonte de renda extra, com a revenda ou locação dessa unidade. Já em outros casos, como o novo lar de uma família. É aqui que entra uma curiosidade interessante: como escolher entre uma casa ou apartamento?

Afinal de contas, esse é o tipo de aquisição que exige uma boa quantia do comprador, e por conta disso, evitar o arrependimento pós-compra é um detalhe ainda mais importante. Pensando nisso, elaboramos este post para ajudar você nesse dilema, explicando os prós e contras de cada alternativa. Acompanhe!

A decisão entre casa ou apartamento

Será que é só você que está com essa dúvida? Pode ficar tranquilo que não! Na realidade, o mercado imobiliário está cada vez mais sensível e atento às necessidades dos compradores. Apesar de ser um critério importante, hoje em dia, o orçamento não é mais o fator principal na escolha de um imóvel.

A bola da vez é o estilo de vida! Com rotinas cada vez mais produtivas, os consumidores têm buscado opções que satisfaçam suas necessidades individuais, o que pode ser um desejo por segurança, espaço ou flexibilidade. Atualmente, essas são as vontades que orientam o processo de decisão.

Mas essa não é a única transformação no mercado. Com a internet, o público consumidor foi inundado por informações, criando dois novos hábitos: a pesquisa online e a descoberta de novas modalidades. Procurar o imóvel ideal online é uma etapa básica do processo de compra moderno, pois dá toda a comodidade para esse momento que costumava ser estressante.

Já a descoberta de novas categorias aconteceu depois da conscientização do consumidor, que apesar de estar familiarizado com os financiamentos, começou a ler e entender mais sobre os leilões e como essa modalidade permite a compra de imóveis a um valor muito abaixo do mercado.

Os cenários em que a casa é a melhor opção

O primeiro passo para tomar uma decisão acertada é considerar as vantagens de cada alternativa. Muitas vezes, o consumidor já tem dentro de si a opção favorita, mas nem sempre essa decisão deve ser tomada individualmente, ainda mais quando falamos de famílias. Então, veja agora os prós de se ter uma casa!

Quintal é uma prioridade

O quintal é uma combinação de tranquilidade e comodidade para os proprietários que valorizam área externa, espaço e plantas. Essa área pode ser transformada drasticamente conforme a imaginação do comprador e pode receber um grande número de pessoas em uma festa, churrasco ou afins.

Mas aqui temos um ponto que merece a atenção do consumidor, já que todos os elementos de um quintal exigem manutenção, como os jardins, gramados e piscinas. Apesar disso, o quintal continua sendo uma prioridade que os apartamentos não conseguem atender, o que pode ser determinante na hora da compra.

Muitos animais de estimação

Ninguém está dizendo que não é possível viver com muitos animais em um apartamento. O agravante aqui é a quantidade somada ao tamanho! Se você é uma pessoa com muitos pets, ou poucos, mas que são bem grandes, então é melhor considerar uma casa! O quintal é um santuário para esses animais, que não dependem do dono para fazer suas necessidades ou correr livremente quando desejam.

Sua casa, suas regras

Toda organização de pessoas exige regras para que tudo corra bem. Por isso, os condomínios costumam ter normas de horário, barulho e conduta nas áreas compartilhadas e privadas. Com a sua casa, isso não existe! Não há vizinho embaixo reclamando do barulho de passos e, a menos que você esteja fazendo um festival no seu quintal, o barulho não será uma reclamação constante dos outros moradores da rua.

Além disso, esse quesito também vale do ponto de vista da infraestrutura. Em apartamentos, você conta com uma restrição muito mais rígida para fazer reformas. Com a sua casa, desde que respeite os parâmetros básicos da Prefeitura, você estará livre para transformar o imóvel, fazendo com que esse lugar seja o melhor do mundo para você e sua família.

Os cenários em que o apartamento é a melhor opção

Agora, chega o momento de conhecer as vantagens dos apartamentos. Essa é uma alternativa super popular no mercado imobiliário, pois geralmente pode ser encontrada por preços menores que as casas. Inclusive, essa economia fica ainda maior quando o consumidor opta por comprar o apartamento em um leilão. Veja!

Menos custos

Se as casas tem maior flexibilidade durante as reformas, os apartamentos têm a economia ao seu lado. Na soma dos valores, o custo de manutenção de um ap é drasticamente menor que o de uma casa. Como exemplo, podemos lembrar da pintura.

Em uma casa, além de se preocupar com os retoques internos, o proprietário deve pintar e cuidar do lado de fora, que fica exposto às condições externas. Em um apartamento não, toda a manutenção acontece apenas da porta para dentro.

Maior segurança

Na grande maioria das vezes, os apartamentos fazem parte de condomínios fechados. Apesar de isso representar um gasto adicional, vale a pena lembrar de toda a proteção agregada ao imóvel, com monitoramento por circuito de câmeras, vigilantes, porteiros, portões eletrônicos e muito mais!

Os condomínios costumam ter um controle rígido de segurança no acesso de novas pessoas, garantindo a proteção dos moradores e de tudo que eles guardam em suas propriedades. O simples fato de morar em um condomínio já é suficiente para reduzir o custo da sua apólice de seguro, dado a menor probabilidade de furtos e roubos.

Muito tempo viajando

Se você é um profissional itinerante, o apartamento é a escolha perfeita! Dizemos isso por conta dos serviços adicionais embutidos na mensalidade do condomínio. Além da certeza de que a sua residência está sempre segura e protegida, você não precisa se preocupar com a limpeza e organização do quintal, pois existem pessoas contratadas para cuidar dos serviços gerais de manutenção do prédio.

Contato próximo com os vizinhos

Muitas vezes, os consumidores gostam da energia comunitária, da ideia de viver em grupo, como nos prédios. Esse contato porta a porta com os vizinhos consegue nutrir amizades, que podem ser importantes na vida. Nesse caso, as pessoas valorizam a confiança de morar próximo a um amigo e eliminam a ideia de isolamento.

Isolamento

Mas o contrário também pode ser uma verdade! Ao mesmo tempo em que os apartamentos oferecem a possibilidade de um convívio próximo, eles também possibilitam o individualismo, dependendo apenas do ponto de vista do morador.

No fim das contas, é curioso perceber como essas alternativas são tão opostas. Mas lógico, existem exceções, principalmente entre os imóveis de altíssimo padrão, que conseguem unir o melhor dos dois mundos por conta de uma arquitetura sofisticada, inteligente e bastante otimizada.

Gostou deste post equilibrando a decisão entre casa ou apartamento? Então aproveite para se aproximar ainda mais dessa conquista, lendo o nosso artigo sobre como juntar dinheiro para comprar um imóvel!

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-