Conheça os principais carros com manutenção barata

carros com manutenção barata
6 minutos para ler

A durabilidade sempre foi um quesito importante na escolha de um novo veículo. A menos que a aquisição seja para atender um hobby ou desejo, é bastante comum que os consumidores pensem nisso antes de assinar a compra. Então, apresentamos neste post os principais carros com manutenção barata.

Além disso, aproveitamos o espaço para explicar um pouco sobre o IMV, um índice que estima os gastos médios de um veículo com sua manutenção até os primeiros 100 mil quilômetros. Não perca a oportunidade de saber mais sobre o tema e embarque nesta leitura!

A definição do IMV

A sigla em si, serve para abreviar o Índice de Manutenção Veicular. Trata-se de uma estatística que ranqueia os veículos mais baratos do ponto de vista da manutenção e, com isso, acaba respondendo uma curiosidade recorrente na cabeça dos consumidores. O índice apresenta uma referência confiável por conta dos parâmetros da pesquisa.

A organização responsável pelo IMV é o CESVI, o Centro de Experimentação e Segurança Viária. O estudo considera uma série de fatores variáveis, mas sua confiabilidade acontece por causa do período do pesquisa, examinando os seguintes custos com manutenção preventiva, preditiva e mão de obra ao longo de 100 mil quilômetros:

  • fluidos do motor, da direção hidráulica, do freio, da transmissão e o líquido de arrefecimento;
  • filtro de óleo e ar do motor, de combustível e do ar-condicionado;
  • amortecedores, cabos de vela, correia dentada e de acessórios, discos, pastilhas e lonas do freio, pneus, palhetas do para-brisa, velas de ignição e o kit de embreagem.

Então, os resultados são classificados em uma escala de 10 a 60, em que os menores valores representam os carros com a manutenção mais barata e os maiores correspondem aos modelos com os custos mais altos. Em condições ideais, o carro com uma pontuação perfeita (10) precisaria gastar apenas R$ 5 mil ao longo da quilometragem estudada.

Os modelos de carros com manutenção barata

Apesar do ranking abaixo contar com apenas 5 posições, listamos dez modelos para que você considere na escolha da sua próxima compra. Confira!

1. Chevrolet Celta 1.0 — 20 pontos

O pequeno Celta lidera a lista, com 20 pontos que equivalem a R$ 10 mil ao longo do período de estudo. Como o modelo foi retirado de produção, essa pode ser uma boa oportunidade para considerar a compra de um seminovo ou usado a bons preços.

2. Fiat Novo Uno e Fiorino 1.0 e 1.4 — 20 pontos

Um detalhe interessante do ranking é que ele comprova que os veículos que compartilham de uma mesma família tendem a apresentar o mesmo custo de manutenção. Normalmente, isso acontece entre hatches e sedans compactos, mas aqui é entre o pequeno popular da Fiat e sua alternativa furgão.

3. Toyota Etios Hatch e Sedan — 20 pontos

A opção mais compacta e acessível da montadora japonesa no Brasil. Embora contem com um desenho que divide opiniões, as duas versões do Etios conquistaram o público consumidor por serem carrinhos valentes e bastante duráveis, reforçando o senso popular sobre a robustez dos modelos Toyota.

4. Volkswagen Gol e Voyage 1.0 e 1.6 — 20 pontos

É na dupla de compactos da VW que encerramos a nota de corte dos modelos com 20 pontos. Aqui, é interessante notar como a plataforma do Gol é a mais simples de todo o lineup da Volks, pois o pequenino Up, mais moderno e global, pontuou 24 no score do IMV.

5. Fiat Novo Palio, Strada e Grand Siena 1.4 e 1.6 — 21 pontos equivalentes a R$10,5 mil

Esses três modelos equivalem ao Gol, Saveiro e Voyage da Fiat, tanto que travaram disputas de mercado por mais de uma década nessa mesma configuração. Por compartilharem do mesmo motor e plataforma, dividem a mesma pontuação, que equivale a R$ 10,5 mil.

A maneira de escolher entre essas opções

Apesar da lista, entendemos que não dá para pautar uma compra apenas no custo de manutenção. Muitas vezes, o modelo escolhido conquista o consumidor pelo desejo, por meio de performance, design ou proposta de uso. Por isso, reunimos os principais fatores para ajudar você nesse momento. Veja só!

Uso e rotina

Esse é o critério mais lógico, pois força você a pensar nos ocupantes do carro. Com família grande, você deve priorizar espaço interno e de bagageiro. Com trajetos constantes à zona rural, pode ser interessante cogitar um modelo com suspensão elevada e tração integral.

Talvez o carro seja para você ou um familiar próximo, apenas atendendo a necessidade de um deslocamento rápido entre casa-trabalho-universidade. Nesse cenário, já é interessante apostar todas as fichas na economia de combustível. Independente do seu perfil de uso, é muito importante parar por um momento e pensar nessa questão para evitar o arrependimento por uma compra mal planejada.

Propósito

Esse é um critério divertido de se pensar. Muitas vezes, o comprador busca um veículo apenas para atender um hobby ou desejo. Nesses casos, é bastante comum que o consumidor ignore os fatores racionais, como consumo e conforto, pois a compra serve para satisfazer uma vontade pessoal, seja para fazer trilhas com um jipe, correr em pistas fechadas no final de semana ou coisas do tipo.

Mas para todos os demais casos, pensar em critérios de uso, funcionalidade, segurança e preço acaba sendo necessário. Hoje em dia, é muito importante que você priorize modelos com boa oferta de assistentes eletrônicos e dispositivos de segurança, como controles de tração, estabilidade, airbags e até mesmo ganchos de fixação ISOFIX para caso tenha filho pequeno que precise fixar a cadeirinha na segunda fileira de bancos.

Relação custo-benefício

Nem sempre o carro mais econômico será o mais barato, não é mesmo? É por esse motivo que você deve colocar vários critérios na balança, considerando o ranking de manutenção deste texto, e o preço de mercado dos modelos, mas também o consumo deles a longo prazo.

Comprar carro barato não é necessariamente uma tarefa difícil, existindo uma série de modalidades como o leilão que podem aproximar você de um bom negócio. O interessante é estimar o quanto esse carro custará ao longo do uso e pensar em custos com seguro, abastecimentos e afins.

Gostou deste conteúdo listando carros com manutenção barata? Então aproveite o embalo no tema para ler nosso post explicando como escolher um modelo econômico.

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-