Por que investir em imóveis em 2020?

investir em imóveis
6 minutos para ler

O mercado imobiliário e a construção civil são dois ramos que sempre andam em conjunto, geralmente em harmonia, um alimentando o outro por meio de oferta e demanda. Esses dois setores indicam sempre os movimentos de melhora e de crise no mercado econômico. Nos últimos anos, é notável o quanto esses ramos melhoraram, indicando boas possibilidades de negócios e incentivando as pessoas a investir em imóveis.

2019 foi com certeza um ano melhor do que os outros anteriores, pois marcou o fim da crise econômica que assolava o país e mostrou uma grande tendência de melhora em vários ramos da economia. Mas quais são as expectativas para o ano de 2020?

Caso você esteja considerando investir em imóveis no próximo ano, continue por aqui para entender um pouco mais sobre como estará o mercado imobiliário em 2020 e veja excelentes oportunidades de fazer um bom investimento, além de conhecer vantagens dessa alternativa. Vamos lá?

O aquecimento do mercado imobiliário

A oferta de imóveis cresceu bastante de 2018 para 2019, cerca de 30%, de acordo a Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip). A tendência é que esse crescimento continue em 2020, devido à procura por casas e apartamentos, entre outros imóveis, e o grande aumento em empreendimentos da parte do mercado da construção civil. Os custos para construção ficaram estáveis, o que também impactou o aumento da oferta de crédito imobiliário.

Houve também novas ofertas em linhas de crédito, e isso vai se manter para o próximo ano. Redução de taxas e juros e mais flexibilidade nas formas de pagamentos, trouxeram cada vez mais compradores, o que impactou positivamente o número de unidades vendidas.

Outras modalidades de compra do mercado imobiliário também influenciaram bastante essa melhoria e aquecem o mercado para os próximos anos, como é o caso dos leilões de imóveis. Esse formato de compra de imóveis tem ganhado bastante destaque, apresentando valores abaixo do que é cotado no mercado imobiliário.

Em alguns lugares, essa melhoria é ainda mais evidente, como nas principais metrópoles do país, São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília. Sendo assim, é necessário pensar nas melhores cidades para investir em imóveis.

Então, como você viu a tendência para 2020 é o crescimento continue, e dessa forma aquecendo cada vez mais o mercado de imóveis. Portanto, fazer um investimento pode ser uma excelente alternativa.

5 vantagens de investir em imóveis

O investimento em imóveis tem uma reputação bem merecida, visto que ele consegue combinar a estabilidade com bons rendimentos e retornos financeiros em um longo prazo. E os investidores conseguem desfrutar de uma variação de preços muito menor do que outros tipos de investimentos. Portanto, veja aqui algumas vantagens.

1. Bons retornos

O risco de perda no mercado de imóveis é considerado mínimo, visto que as pessoas conseguem manter sua propriedade por mais tempo, optando por alugar ou fazendo uma boa venda por um preço valorizado. E quando o mercado melhora, o resultado é um excelente patrimônio que traz bons retornos.

Quando se investe em imóveis, você consegue ter um maior controle sobre aquilo que está investindo, uma vez que sua propriedade é o ativo tangível, podendo alavancar a capitalização de vários fluxos de receita.

2. Variedade

Os imóveis trazem a possibilidade de diversificar bastante o seu portfólio de investimentos, e também há uma variedade de bens para poder investir. Você consegue obter um bom retorno tanto com imóveis residenciais, como casas e apartamentos, quanto com imóveis comerciais, como salas, galpões e terrenos.

Isso porque há muita procura por esses bens, tanto para compra e venda quanto para locação. Além disso, existe a possibilidade de comprar esse bem já construído, ou então na planta, o que traz também outras vantagens, como um apartamento mais moderno e personalizado.

3. Benefícios fiscais

Outra grande vantagem é que os imóveis possibilitam algumas deduções fiscais, como juros em hipotecas, despesas operacionais e custos, impostos sobre a propriedade, seguro, fluxo de caixa de propriedades de investimento e depreciação, mesmo a propriedade ganhando valor. Essas isenções valem apenas para bens residenciais.

É por conta disso que o setor imobiliário fica um pouco movimentado no final do ano, pois as pessoas querem sempre aproveitar esses benefícios fiscais. Há também a isenção no Imposto de Renda para quem vende um imóvel residencial, desde que o vendedor use todo o dinheiro para a compra de outro bem residencial em até 180 dias.

E se o valor de venda for de até 440 mil reais, também é possível aproveitar uma isenção de IR, mesmo que não haja nenhuma compra subsequente em 180 dias. Porém, o proprietário não poderá ter vendido nenhum outro imóvel nos últimos cinco anos.

4. Potencial de valorização

A demanda por imóveis é sempre crescente, e esse efeito eleva bastante a procura por casas ou apartamentos, ainda mais se levarmos em consideração a localização e o padrão construtivo das edificações. E como o setor não tem capacidade para atender a toda essa demanda, os imóveis acabam se valorizando bastante.

Projetos arquitetônicos diferenciados, materiais modernos e de qualidade e a infraestrutura da edificação e das redondezas também são outros fatores que afetam diretamente a valorização do imóvel. Portanto, esse tipo de investimento tem um grande potencial para valorizar e trazer bons rendimentos para o proprietário.

5. Proteção contra inflação

O setor imobiliário também traz uma cobertura contra a inflação, que decorre da relação positiva entre o crescimento do PIB nacional e a demanda por imóveis. Isso quer dizer que, à medida que a economia aumenta, cresce também a procura por esses bens.

Sendo assim, os imóveis conseguem manter o poder de compra do capital, passando a parte da pressão inflacionária para os inquilinos enquanto incorpora essa mesma pressão, como forma de valorização do capital.

Por fim, vale ressaltar que, se você quer embarcar nesse tipo de investimento, uma boa alternativa são os leilões de imóveis. Essa modalidade traz preços bem mais em conta por estarem abaixo do mercado, bem como um variedade muito grande de imóveis para comprar.

Gostou de conhecer mais sobre as vantagens de investir em imóveis? Se quiser entender melhor sobre as vantagens de um leilão, saiba tudo sobre essa modalidade!

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-