Quanto custa construir uma casa? Saiba como calcular

quanto custa uma casa
10 minutos para ler

A construção da casa própria é uma importante etapa da vida de qualquer pessoa — ver aquilo que você planejou e sonhou sendo concretizado é inesquecível. Porém, também é um processo que envolve muito planejamento e um bom investimento. Nesse sentido, estar a par de quanto custa construir uma casa é fundamental para dar os primeiros passos rumo ao seu objetivo.

Esse processo tem muitos pontos que devem ser considerados, como desenvolvimento do projeto, obra, serviços terceirizados e outros tipos de procedimentos, além de demandar tempo e paciência por parte do proprietário.

Para saber o valor necessário para levantar uma residência do zero, separamos para você os principais custos que estão envolvidos em uma obra e como calculá-los. Confira, neste post, tudo o que você deve saber sobre o assunto e o que considerar na hora de construir!

Fatores que precisam ser considerados na construção

Muitas pessoas, por conta da empolgação de construir a casa própria, acabam não se atentando para todas etapas a serem seguidas até que a residência fique pronta. Quando isso acontece, a tendência é que acabem tendo surpresas desagradáveis ao longo da obra. Para não passar por isso, veja o que você tem que colocar na balança antes de tomar uma decisão.

Tipo da casa

Um dos principais fatores que devem ser levados em consideração para a construção é o tipo da casa. Isso define muito de quanto será o gasto, uma vez que existem casas de vários padrões construtivos, e são eles que definem o custo da obra.

A classificação para os padrões construtivos deve ser feita entre residências padrão baixo, normal e alto. Cada uma dessas casas é composta pelas seguintes características:

  • Padrão baixo: 1 pavimento, 2 dormitórios, sala, banheiro, cozinha, área de serviço;
  • Padrão normal: 1 pavimento, 3 dormitórios (1 suíte com banheiro), banheiro social, sala, cozinha, área de serviço e varanda;
  • Padrão alto: 1 ou mais pavimentos, 4 dormitórios (1 suíte com banheiro e closet, outra apenas com banheiro), sala de estar, sala de jantar, banheiro social, cozinha, área de serviço completa e varanda.

Tamanho

O tamanho da casa também deve ser levado em consideração na hora de mensurar os custos de uma obra. Caso seja muito grande, será necessário um projeto maior, mais detalhado, mais mão de obra e um período maior para a construção, na comparação com uma casa menor.

O tamanho também é definido pelo padrão construtivo que foi citado, então uma casa maior vai sair mais caro para o seu bolso.

Prazo para construção

O prazo para iniciar e finalizar a obra também deve ser considerado, haja vista que você faz um planejamento em cima de um tempo determinado. Toda obra tem um cronograma elaborado que impacta diretamente nos custos. Se for mais curta, você terá menos gastos, afinal o serviço será menor.

Pontos específicos que agregam à construção

Outros pontos que devem ser pensados são alguns diferenciais que acabam agregando valor à casa. Fatores como placas de energia solar, coleta e reutilização de água da chuva, telhado verde, dentre outros, também devem ser considerados no projeto e nos custos da construção.

Saiba quanto custa construir uma casa no seu estad

Existe uma tabela que serve para termos uma ideia de quanto custa uma construção de acordo com a área construída. É a tabela do CUB (Custos Unitários Básicos da Construção), que define o preço da área construção (por m²) nos principais estados do Brasil:

  • Bahia: R$ 1.683,02
  • Distrito Federal: R$ 1.670,53
  • Minas Gerais: R$ 1.479,05
  • Paraná: R$ 1.963,00
  • Pernambuco: R$ 1.885,32
  • Rio de Janeiro: R$ 1.862,73
  • São Paulo: R$ 1.658,43
  • Santa Catarina: R$ 1.962,00

Esses valores são para uma casa padrão baixo e podem ser consultados por qualquer pessoa, apenas acessando o site do CBIC. Dessa forma, o proprietário pode ter uma perspectiva inicial de quanto será o custo médio da construção de uma casa qualquer padrão.

Os principais custos envolvidos na construção de uma casa

Os detalhes relacionados à construção, como materiais escolhidos e fiação, também fazem toda a diferença no valor final de um imóvel. Portanto, essas questão também devem constar no seu orçamento, o que permite saber para onde ai cada quantia embutida no projeto. Saiba quais são esses elementos.

Tipo do terreno

Um dos primeiros passos para construir uma casa é escolher o terreno ideal. O tamanho do lote e a sua localização vão interferir no valor da construção, devido ao preço do m² e também à infraestrutura que compõe a região onde o terreno está localizado.

Outros serviços também serão inclusos nos gastos, como a limpeza do terreno, nivelamento do solo, tipo de fundação mais adequada, dentre outros. Existem empresas que já vendem o terreno pronto, mas você também pode comprar o lote em leilões de imóveis.

Projeto da casa

O projeto é uma parte importante e interfere bastante no custo da casa. Essa etapa deve ser feita por uma equipe profissional capacitada e especializada, com engenheiro e arquiteto. Eles são responsáveis por projetar a sua casa do jeito que você pensou.

O projeto e a planta que são feitos consideram o tamanho da casa, quantidade de cômodos que vão ser construídos, a área deles e a distribuição. É necessário pensar em uma boa iluminação, ventilação, usabilidade da casa e acabamento adequado dos ambientes.

Mão de obra

A mão de obra também impacta muito no custo. É necessário lidar com profissionais altamente especializados e capacitados para executar todas as etapas construtivas, desde a fundação até o acabamento. Você pode contratar o serviço terceirizado de pedreiros e ajudantes, bem como contratar uma equipe de uma construtora.

Materiais de cPortonstrução

Os materiais são mais um elemento que devem constar como um custo da construção. Se você quiser economizar, o ideal é fazer uma boa pesquisa de preço e um quantitativo dos produtos que serão necessários em cada etapa da obra.

Para ajudar nessa parte, é sempre bom ter um cronograma da obra e um orçamento, documento que possibilita conhecer quais os materiais necessários durante a construção.

Acabamentos

O padrão dos acabamentos interfere diretamente nos gastos com uma construção, uma vez que o mercado traz diversas opções para encantar qualquer cliente. Com tantas alternativas disponíveis nas lojas, é normal que haja uma variação grande de preços.

Porém, vale destacar que é possível comprar bons acabamentos por um valor acessível. Muitos deles podem ser tendência e apresentar um preço um pouco maior, por isso é importante pesquisar bastante as opções.

Instalações Elétricas e Hidráulicas

As instalações elétricas e hidráulicas precisam obrigatoriamente estar no seu planejamento. É necessário fazer um projeto e contratar uma mão de obra especializada para esse tipo de serviço. As instalações devem ser feitas adequadamente e com materiais de qualidade para evitar transtornos e prejuízos no futuro.

Essa etapa é bastante detalhada, tanto pelos pontos de iluminação e de tomada quanto pelas peças hidráulicas e sanitárias. Por fim, vale ressaltar que cada um desses itens pode acabar encarecendo ou não a construção, conforme a quantidade e características adquiridas.

O que pode ajudar a baratear os custos de construção

Agora que você já aprendeu melhor quanto custa uma casa, chegou a hora de descobrir o que fazer para que o projeto fique em sintonia com suas possibilidades e metas financeiras. Felizmente, por meio de algumas escolhas inteligentes e estratégicas, é possível fazer isso. Continue lendo e descubra como!

Faça um planejamento eficiente para o projeto

O primeiro passo para baratear os custos de construção é fazer um planejamento eficiente para o projeto. Isso não apenas contribui para que a execução fique livre de erros e acidentes, como também permite que você faça escolhas mais inteligentes e garanta que o seu investimento traga o melhor custo-benefício, dentro do possível.

Ao planejar, fica mais fácil ter eventuais riscos e gargalos bem identificados e prevenidos, observando cenários variados e as ações necessárias para construir com a máxima eficiência. É nesse momento também que deverão ser buscadas formas aplicáveis de assegurar um bom alinhamento com as ideias originais e menos desperdícios, ou seja, menos prejuízos.

Organize o orçamento pensando holisticamente

O pensamento holístico está em voga nos mais diversos segmentos e é relacionado com a capacidade de pensar de uma maneira abrangente, focando em detalhes e pormenores que poderiam passar despercebidos. No universo da construção civil, esse pode ser um conceito interessante, principalmente para promover um melhor aproveitamento dos recursos.

Para isso, será preciso tomar cuidado para que todos os materiais e serviços sejam contabilizados da forma correta, reduzindo custos sempre que possível, visto que qualquer erro na cotação dos valores pode impactar o seu bolso. Quanto mais detalhado e minucioso você for, mais baratas tendem a ser as etapas do projeto.

Escolha materiais com bom custo-benefício

Não dá para debater quanto custa uma casa e pensar em maneiras de economizar recursos sem falar em escolher materiais com bom custo-benefício. Felizmente, o mercado da construção costuma oferecer boas oportunidades para quem se mostra flexível e tem olhos atentos, ainda mais para quem tem disposição para pesquisar.

Se você procurar pelas boas lojas do ramo e souber como conversar com os vendedores, é bastante provável que encontre algumas barganhas com itens de boa qualidade, mas que estão mudando de coleção ou foram devolvidos por questões de preferência, por exemplo. Sendo assim, não deixe de usar essa tática a seu favor.

Não abra mão de contar com profissionais qualificados

Por fim, você não deve abrir mão de contar apenas com profissionais qualificados. Isso pode parecer um lugar-comum, mas o fato é que, quando os custos começam a apertar no bolso, muita gente cogita procurar mão de obra mais barata. No entanto, isso pode prejudicar a qualidade do projeto e, em última instância, até a segurança da edificação.

Ainda que, em um primeiro momento, isso consuma um pouco mais de recursos, é um valor bem investido, que retorna futuramente por meio da casa dentro do padrão esperado. Além disso, a qualificação é uma das maneiras de assegurar que a execução das atividades ocorrerá o mais próximo possível dos prazos, sem delongas ou enrolação.

Como você pôde perceber, saber quanto custa uma casa é imprescindível para que o seu projeto seja bem-sucedido do início ao fim. Afinal, ninguém merece começar a construir e ficar com a obra pela metade porque o orçamento saiu do esperado, não é mesmo. Com as nossas dicas, você pode decidir se vale a pena investir na construção ou compra de um imóvel pronto.

O que você achou do nosso conteúdo? Curta a nossa página no Facebook para acompanhar mais posts interessantes!

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-