Quando vale realmente a pena comprar um apartamento?

comprar apartamento
6 minutos para ler

Ao longo da vida de qualquer pessoa, existem decisões muito importantes e que podem ter impactos significativos por anos ou mesmo décadas. A maioria delas precisa estar em sintonia com as possibilidades orçamentárias e metas financeiras. Pensando nisso, preparamos este post mostrando quando vale realmente a pena comprar apartamento.

O fato é que, embora o investimento em imóveis seja uma das opções mais seguras e valorizadas do mercado, trata-se de uma escolha que precisa ser bem pensada, que esteja de acordo com o momento e as condições apresentadas pelo comprador em potencial. Continue lendo e descubra como fazer isso!

Condição financeira atual

Um dos itens que você precisa avaliar para descobrir se comprar um apartamento é a melhor alternativa é a sua condição financeira atual. Isso porque, ainda que você encontre boas oportunidades e o investimento em imóveis seja altamente vantajoso, ele também demanda um aporte considerável de dinheiro, especialmente nas grandes cidades.

Por isso, veja qual a melhor modalidade de aquisição, como o pagamento à vista, o financiamento ou um leilão de propriedades. Analise se você tem recursos suficientes para pagar tudo de uma vez, dar uma boa entrada ou um lance ganhador. Dessa forma, fica mais fácil encontrar uma opção viável para adquirir um bem tão caro.

Lembre-se que os preços para comprar à vista tendem a ser elevados, que os bancos costumam aprovar parcelas de até, no máximo, 30% da renda familiar, além de pesquisarem e exigirem um histórico de bom pagador do cliente. Nesse contexto, as unidades leiloadas podem ser uma escolha excepcional, que cabem no seu bolso.

Momento propício na vida

Não chega a ser uma novidade que, em algum momento da vida, boa parte das pessoas tem um desejo intenso em deixar o aluguel no passado e ser dono do seu próprio imóvel. É normal querer construir um patrimônio e contar com mais segurança financeira não apenas para a gente, mas para nossos familiares e, sobretudo, filhos.

Você também pode observar se está estabilizado na carreira e pretende criar raízes na cidade em que mora, por exemplo. Por outro lado, se não estiver tão satisfeito profissionalmente e achar que pode receber uma proposta, é melhor esperar um pouco mais para assumir um pagamento tão alto e, eventualmente, de longo prazo.

Situação econômica do país

Além da sua própria condição financeira e do seu momento da vida, para saber se é a hora certa de investir em um apartamento, você precisa observar a situação econômica do país. Com esse tipo de conhecimento, você pode decidir, com mais riqueza de detalhes, se é o momento de comprar ou esperar um pouco mais e alugar.

Existem maneiras diferentes de chegar à essa conclusão, mas, no geral, é preciso dar uma olhada no rendimento mensal das principais opções de aplicações mais conservadoras, como o Tesouro Direto e CDBs. Se as taxas de locação forem superiores, é melhor tentar a aquisição. Caso contrário, alugar e investir a diferença é o caminho mais apropriado.

Função da propriedade

O investimento em imóveis pode ser feito com uma série de objetivos diferentes e todos eles têm um excelente potencial de retorno. Afinal, você pode apenas querer deixar o aluguel para trás, ter uma maior segurança patrimonial, lucrar com uma futura venda ou apenas obter uma renda passiva todos os meses, alugando o local para terceiros.

Sendo assim, para descobrir quando a compra do imóvel é mais interessante, é natural que você precise analisar qual será a função da propriedade. Isso ajuda, inclusive, a pensar sobre quais características você precisa buscar, como metragem, número de quartos, presença de vagas na garagem e até mesmo a localização.

Se o seu objetivo é moradia, ficar próximo do trabalho e da escola das crianças é algo que facilita a rotina do dia a dia. Já para locar para outras pessoas ou lucrar com uma futura negociação, boas pedidas são dar preferência para áreas centrais ou bairros em crescimento, que estejam recebendo aportes do poder público e/ou da iniciativa privada. 

Taxas de juros baixas

Você já deve ter ouvido falar que a famosa Selic, taxa que regula as linhas de crédito, é o principal instrumento das políticas monetárias usado pelo Banco Central (BC) brasileiro, especialmente para controlar a inflação. Logicamente, o mercado imobiliário é influenciado por ela e, nos últimos tempos, tem estado em um patamar historicamente muito baixo.

Com isso, o desejo de financiar a casa própria cresceu, pois os bancos e instituições financeiras estão oferecendo excelentes condições, com alíquotas bastante vantajosas. Se há algum tempo a Selic chegou a 14.25%, atualmente ela está bem abaixo dos dois dígitos, ficando em torno de 4% ou, eventualmente, até menos.

Oportunidades geradas pela pandemia

Por fim, para tomar uma decisão acertada, você não pode deixar de considerar as oportunidades que foram geradas pela pandemia. Embora, para quase todas as situações, essa seja uma época de grande complexidade e tristeza, também abre a possibilidade de achar algumas alternativas interessantes e viáveis no setor.

A conjuntura fez com que o perfil de interessados em imóveis mudasse um pouco, assim como o tipo de propriedade com maior demanda. Muita gente voltou a sua preferência para unidades em cidades menores ou na praia, até pela necessidade de home office, o que abre a prerrogativa de o mercado se movimentar bastante.

Nesse contexto, nos centros urbanos, a procura é por unidades dentro de condomínios que oferecem mais opções de lazer e espaços livres, como piscinas, quadras poliesportivas e áreas verdes. Você pode seguir esse padrão ou apostar em locais mais centrais e dinâmicos, que podem voltar a se valorizar com o passar do tempo. 

Agora você já sabe quando vale realmente a pena comprar um apartamento. Por isso, não deixe de cogitar a possibilidade de participar de um leilão de imóveis , no qual você pode encontrar as melhores oportunidades do segmento, por um valor consideravelmente abaixo do mercado.

Gostou de aprender quando vale realmente a pena comprar um apartamento? Então, não deixe de conferir nosso outro post que mostra como comprar um imóvel pela internet!

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-