Reforma para valorizar imóvel: saiba como lucrar com pouco investimento

reforma para valorizar imóvel
6 minutos para ler

O investimento em imóveis pode ser uma excelente alternativa, ainda mais para quem quer obter algum retorno com aluguel ou até mesmo uma possível venda. Porém, é necessário conhecer um pouquinho sobre o mercado e também alternativas de melhorar a rentabilidade do seu bem, como a reforma para valorizar imóvel.

Nesses casos, uma boa reforma pode ser feita com pouco investimento e vai trazer muitos benefícios para o proprietário. É importante saber quais as necessidades de reforma do imóvel e alguns pontos essenciais para se preparar a casa ou apartamento para venda. Essa possibilidade pode aumentar a margem de lucro e torna essa operação bem mais fácil de ser realizada.

Caso você não saiba a melhor maneira de realizar uma reforma para valorização do seu imóvel com um bom custo benefício, continue por aqui e veja algumas dicas importantes sobre esse assunto. Vamos lá?

Por que fazer uma reforma para valorizar o imóvel?

O mercado imobiliário está sempre cheio de muitas oportunidades, com diversos imóveis de padrões diferentes que atendem às demandas do público-alvo. Portanto, os investidores devem sempre se destacar e tentar valorizar o seu bem, de modo a conseguir fazer uma negociação de forma facilitada e também trazer uma boa margem de lucro para o negócio.

Realizar alguns reparos e modificações em uma casa ou apartamento pode valer como critério de desempate para um comprador que está se decidindo sobre as opções disponíveis. Além disso, uma reforma vai manter as condições de uso e o bom estado do imóvel. O principal objetivo com essa reforma é assegurar o valor do bem e ganhar a possibilidade de venda mais rápida.

Quais são os pontos mais importantes na reforma?

Coletar e guardar todas as notas fiscais para dedução no imposto de renda

Em primeiro lugar, é importante ressaltar que uma reforma para valorizar o imóvel pode ser deduzida no imposto de renda. Por isso, é necessário planejar bem tudo o que será feito, tentando economizar ao máximo nos gastos, para que esse investimento seja deduzido no imposto e você consiga valorizar o seu imóvel.

O ideal é coletar e guardar todas as notas fiscais que comprovam os custos que você teve, tanto com os materiais de construção quanto com a mão de obra que realizou os serviços. Com isso você consegue declarar no imposto de renda os gastos com a reforma do seu bem.

Priorizar a segurança e estética

É importante que a reforma tente priorizar os aspectos de segurança e estética da casa ou apartamento, tentando eliminar totalmente os danos mais graves presentes na propriedade.

Foque em pontos como a instalação elétrica, os revestimentos que estejam quebrados e pintura das paredes. Quando o imóvel é mais antigo, é importante fazer a modernização dos pontos elétricos, tanto para padronização quanto para a segurança. Invista na instalação de novos pontos elétricos, troque as tomadas, lâmpadas e luminárias. Faça também uma revisão no quadro geral para se assegurar sobre a carga elétrica suportada.

Com relação aos revestimentos, é muito importante trocar os pisos, que tendem a desgastar muito com o tempo de uso e podem ter problemas no rejunte, nas peças cerâmicas ou tacos de madeira quebrados. Invista em um piso mais moderno que priorize a estética e traga melhoria para o estado do imóvel.

Já a pintura das paredes é uma das coisas mais simples de serem feitas e acabam trazendo uma valorização imensa na estética do imóvel. Aposte em cores neutras como branco, gelo, bege ou areia, que trazem a sensação de limpeza para o ambiente. A boa pintura da parede e das portas proporciona amplitude para os cômodos e satisfazem os possíveis compradores.

Buscar por itens com excelente custo benefício

Em toda reforma é muito importante priorizar os materiais que proporcionam bom custo benefício. Procure por itens de qualidade e que tenham preços em conta, para que a compra não impacte negativamente no seu orçamento. Lembre-se que você está realizando um serviço com pouco investimento, mas com o objetivo de trazer muitos benefícios para o seu bem.

Evitar grandes reformas estruturas ou soluções especializadas

As modificações na estrutura do imóvel envolvem reformas que têm um custo mais elevado e muitas vezes acabam não atendendo às necessidades dos futuros proprietários, já que imprimem muito da personalidade e gostos do atual dono.

Sendo assim, é importante evitar esse tipo de reforma estrutural ou soluções especializadas, pois será necessário um investimento maior. Se você resolver derrubar as paredes de um quarto, por exemplo, pode acabar afastando um comprador que tenha uma família grande e necessidade de uma quantidade maior de quartos.

Prezar pela simplificação

Com relação aos aspectos estéticos e minimização de danos do imóvel, é essencial que a reforma preze pela simplificação. Tente optar, por exemplo, por revestimentos que sejam de fácil limpeza e manutenção e irão facilitar muito a vida dos moradores, assim como pontos de tomada e iluminação padronizados em toda a casa ou apartamento.

Quais são os gastos baratos que oferecem melhor retorno?

É importante analisar em uma reforma quais são os gastos mais baratos e que proporcionam um melhor retorno financeiro para o investidor, além de trazer a valorização do imóvel. Veja algumas opções interessantes que possibilitam um melhor custo-benefício na reforma:

  • Pintura eletrostática em pias;
  • Encanamentos e torneiras novas para melhor a aparência e funcionamento;
  • Pisos laminados nas salas e quartos que trazem beleza e sofisticação;
  • Porcelanatos em áreas úmidas;
  • Maçanetas novas nas portas;
  • Pinturas novas nas paredes e portas;
  • Tomadas novas nos cômodos.

Por fim, vale ressaltar que como em qualquer negociação do mercado imobiliário, a compra e venda de imóveis traz muitas expectativas por parte do possível comprador. Ele sempre espera adquirir uma propriedade que esteja em bom estado de conservação e atenda às suas necessidades.

Uma boa reforma que ressalte os pontos positivos do imóvel pode ser o seu diferencial em uma negociação, pois facilita a escolha do comprador pela sua casa ou apartamento.

O que você achou do nosso conteúdo? Gostou de aprender um pouco mais sobre como fazer uma reforma para valorizar o seu imóvel? Ficou interessado em ver mais assuntos como esse? Então, assine a nossa newsletter para continuar nos acompanhando!

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-